Blog

Desafio Inove + premia ideias vencedoras da edição de 2017

No último sábado, dia 11, aconteceu a final do Desafio Inove + 2017, competição empreendedora destinada aos universitário, que é organizada pela Agência de Inovação Tecnológica da Universidade Federal do Pará. O evento aconteceu no Auditório Benedito Nunes, na UFPA. A programação serviu para premiar as equipes que estavam concorrendo na categoria principal, além da Negócios de Impacto e Superação.

A manhã começou com uma sessão de Ginástica Funcional – Energizer – da startup Neo Habitus, que participou da edição do Inove + em 2015. Em seguida, os participantes puderam escolher entre dois cursos que foram oferecidos: Impressão 3D na Prática com Thiago Kunz, líder do Fab Lab Belém e o Workshop de Criação e Gestão de Negócios com Leila Furtado, coordenadora de empreendedorismo da Agência de Inovação Tecnológica da UFPA.

Após esse momento, as dez equipes finalistas puderam apresentar o seus pitchs para os avaliadores e investidores que estavam presentes na cerimônia. Cada uma teve cinco minutos de apresentação e depois responderam perguntas da banca.

“O Desafio é um sucesso total. Vimos aqui 10 competidores apresentando ideias finalistas, mas tivemos o total de 19 projetos que trabalharam ao longo de seis semanas. É um resultado fantástico. O objetivo do inove + é mobilizar alunos para produzir solução utilizando o conhecimento adquirido nas instituições”, comentou Leila Furtado.

O primeiro lugar do Desafio Inove + 2017 foi a equipe Amana-Katu, que ganhou R$2.500 com um projeto de consumo sustentável da água, que a partir de um sistema inteligente, realiza a captação da água da chuva para o aproveitamento da mesma em residências. Em segundo lugar, com R$2.000, ficou a Energy Save, que tem o foco em utilizar técnicas de automação e controle de processos para atenuar de forma consistente o desperdício de energia elétrica em salas de aula.  O terceiro lugar, com R$1.500, foi conquistado pelo Minerva, que é um negócio social de prestação/contratação de serviços de reparos residenciais voltado ao mercado feminino.

“Esse prêmio é um incentivo para continuarmos com essas ideias inovadoras. Vamos ter a oportunidade de ir para uma incubadora para desenvolvermos ainda mais a nossa ideia. Sem esse incentivo seria bem difícil a gente conseguir alcançar esse mercado”, afirmou Caio Amorim, da Equipe Energy Save, segundo lugar no Inove+ 2017.

Além destas, aconteceu a entrega do prêmio Superação destinado às ideias que não conseguiram chegar à final. O vencedor foi o Comida D’Brás, que levou R$1.000 com uma linha de produtos alimentícios reaproveitados de feira. Também aconteceu a premiação da categoria Negócios de Impacto, que tinha a intenção de valorizar a equipe que melhor se enquadrasse nesse conceito. O ganhador foi o MadECOL, que conquistou R$2.5000, e tem como base de produto os itens que são confeccionados pelo método inovador  de impressão 3D tendo como matéria prima a madeira plástica 100% desenvolvida e aprimorada pela própria equipe.

“O grande desafio que a Universitec precisa alcançar consiste em transformar as soluções obtidas no desafio INOVE + em produtos que possam ser inseridos e dar continuidade  em programas de incubação de empresas de base tecnológica, que por consequência consiste em trazer para a realidade do mercado os projetos, ideias e sonhos desenvolvidos no programa inove + da Universitec/UFPA”, destacou Gonzalo Enríquez, diretor da Agência de Inovação e Tecnologia da Universidade Federal do Pará.